Mariana Marcelino bate recorde do martelo no Troféu Brasil | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Mariana Marcelino bate recorde do martelo no Troféu Brasil

Ela marcou 67,02 m logo no primeiro lançamento na abertura da competição / Foto: Wagner Carmo/CBAt

São Paulo - Mariana Marcelino realizou o que havia planejado para o Troféu Brasil Caixa de Atletismo, que começou nesta sexta-feira (dia 9), na Arena Caixa, em São Bernardo do Campo.
 
Logo no primeiro lançamento alcançou 67,02 m e estabeleceu novo recorde brasileiro no martelo. O anterior já pertencia a ela, que em 6 de maio último, em Zagreb, na Croácia, havia feito 66,64 m.
 
"Foi uma boa competição, estou feliz com o resultado, mas ainda posso melhorar", disse Mariana, na zona mista do estádio, após a prova. "Sei que progredi bastante, mas preciso crescer na parte técnica, ainda sinto dificuldade no quarto giro (o último antes do lançamento)", explica.
 
A atleta da B3 Atletismo, treinada por Jorge Marcos Rodgério, diz que muito do que se conseguiu na prova no Brasil - no masculino e no feminino - se deve a Wagner Domingos, o Montanha. "O Montanha levou a prova a um patamar superior em nosso País, ele abriu um caminho que todos estamos aproveitando", afirmou, em relação a seu colega de clube e recordista sul-americano.
 
No salto com vara feminino, um resultado inusual: empate entre duas atletas da B3: Juliana Campos e Patrícia Santos marcaram 4,10 m. "O resultado pode não ter sido tão bom, mas as condições também não ajudaram, principalmente o vento e o frio", disse Juliana. Patrícia, por sua vez, disse que pensava no pódio, mas não na vitória: "A Joana (Ribeiro) e a Karla (Rosa) estavam bem, então só pensava em ficar entre as três primeiras. Então, me superei", disse. Joana foi a terceira e Karla não marcou.
 
10.000m masculino e feminino - O paulista Daniel Ferreira do Nascimento (Orcampi Unimed), de apenas 18 anos, venceu os 10.000 m, com o tempo de 29:13.34. Com o resultado, o multicampeão das categorias de base do Brasil conquistou seu primeiro título adulto e, ao mesmo tempo, quebrou o recorde sul-americano sub-20 da prova. O anterior era de Franck Caldeira, com 29:28.77, desde agosto de 2002.
 
"Foi um passo importante na minha carreira. Estou já pensando na minha mudança de juvenil para adulto e um resultado positivo como esse me dá mais confiança", disse o corredor nascido em Paraguaçu Paulista, que venceu no final de semana passada os 5.000 e os 10.000 m no Sul-Americano Sub-20 de Georgetown, na Guiana.
 
No feminino, Tatiele Roberta de Carvalho (Orcampi/Unimed) comemorou o tricampeonato brasileiro nos 10.000 m. "Gostaria de ter conseguido um tempo melhor, mas o vento estava muito forte no decorrer da prova", lembrou a corredora, que venceu, com o tempo de 33.48.50.
 
No decatlo, após o primeiro dia de competições, Alex Aparecido Soares (Pinheiros) lidera a classificação parcial, com 4.193 pontos, seguido de Jefferson de Carvalho Santos (Pinheiros), com 4.139, e de Kerindé Hilario de Souza Brites da Silva (Vasco da Gama), com 3.862 pontos.
 
Na classificação geral por equipes, a B3 Atletismo está em primeiro lugar, com 79 pontos. Pinheiros ocupa a segunda colocação, com 72, seguido da Orcampi Unimed, com 50.
 
Pódio 2ª etapa - sexta-feira tarde
 
Salto com vara feminino
1º Patricia Gabriela dos Santos (B3 Atletismo) 4,10 m
1º Juliana Campos (B3 Atletismo) 4,10 
3º Joana Ribeiro Costa (Pinheiros) 4,10 m
 
Lançamento do martelo feminino
1º Mariana Marcelino (B3 Atletismo) 67,02 m
2º Carla Michel (B3 Atletismo) 59,23 m 
3º Ana Lays Bayer (Corville) 59,18 m
 
10.000 m feminino
1º Tatiele Roberta de Carvalho (Orcampi Unimed) 33:48.50
2º Jenifer do Nascimento Silva (Pinheiros) 34:20.33
3º Simone Alves da Silva (Instituto ICB) 34:28.18
 
10.000 m masculino
1º Daniel Ferreira do Nascimento (Orcampi Unimed) 29:13.34
2º Gilmar Silvestre Lopes (Cruzeiro Caixa) 29:15.68
3º Giovani dos Santos (Pé de Vento) 29:29.88
 
Mais informações, como Programa-Horário, resultados e participantes, no hotsite da competição:
http://www.cbat.org.br/competicoes/trofeu_brasil/2017/default.asp
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook