Rosângela cai na semi e desabafa: "Olimpíada não é pra mim" | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Rosângela cai na semi e desabafa: "Olimpíada não é pra mim"

 

Rosângela Santos / Foto: Alexander Hassenstein / Getty Images

Rio de Janeiro - Melhor velocista do Brasil já há um bom tempo, Rosângela Santos tinha a chance de levar o país a uma inédita final na prova mais rápida do atletismo, os 100 metros rasos. 

O resultado, porém, ficou aquém do necessário e Rosângela acabou na 18ª colocação (apenas as oito melhores se classificaram à final, que acabou vencida pela jamaicana Elaine Thompson, com Tori Bowie, dos EUA, em segundo, e Shelly Ann Fraser-Pryce, da Jamaica, com o bronze). 

A brasileira sabia que precisaria correr abaixo dos 11 segundos, marca nunca antes atingida por nenhuma mulher do país, para garantir um lugar na final. Ela foi bem, atingiu sua melhor marca na temporada (11s23), mas não foi o suficiente e Rosângela demonstrou toda sua frustração após a prova à imprensa. 

A atleta estava visivelmente chateada e decepcionada com seu resultado quando passou pela zona mista de imprensa. 
 
"A vaga na final era muito superior do que eu faço, da minha melhor marca da vida. Agora vou pensar no que eu vou fazer.  Primeiro colocar minha cabeça no lugar para pensar no revezamento, que ainda não acabou, vamos disputar dia 18 o revezamento 4x100m", lembra ela, sobre a prova em que o Brasil está bem cotado para a final. 

Thiago Braz  / Foto: Julian Finney / Getty Images

Continuando, Rosângela fez um desabafo e disse que deve parar de competir.  "Eu acho que chegou a hora de eu parar. Repensando todos esses anos que eu venho treinando, a Olimpíada não é para mim", afirmou. 
 
A velocista lembrou que o mesmo ocorreu em Londres, o que a deixa muito desanimada. "Mais uma vez, 2012 foi assim, e agora de novo, quatro anos é muita coisa, e eu não sei se eu tenho cabeça para Tóquio. É preciso muita dedicação, e meu corpo também, eu sinto muitas dores, é sempre um sacrifício enorme, não sei se ainda vale a pena", finalizou Rosângela, em entrevista à ESPN. 
 
Brasileiro vai à final
 
O brasileiro Thiago Braz sofreu, mas conseguiu passar à final do salto com vara masculino. Ele, que é o recordista sul-americano da prova com 5,92m, passou por um susto ao conseguir saltar os 5,45m apenas na terceira tentativa. Depois passou com tranquilidade pelos 5,60m e 5,70m, marca que lhe rendeu um lugar na final.
 
Thiago disse que temeu ficar de fora da final e que agora está aprendendo a manter o equilíbrio e lidar com o nervosismo. Ele brigará por medalha na segunda-feira, às 20h35.

Veja Também: 

 

 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook