Ingrid Olivera, musa do Pan, acredita em medalha se for à final

Ingrid Oliveira / Foto: Buda Mendes / Getty ImagesIngrid Oliveira / Foto: Buda Mendes / Getty Images

Rio de Janeiro - Durante a cerimônia de boas vindas à delegação brasileira na Vila Olímpica da Rio 2016, neste domingo, uma das principais atletas dos saltos ornamentais, Ingrid Oliveira, ousou ao ser perguntada sobre o que esperava da competição. 

Em uma entrevista exclusiva para o Esporte Alternativo, Ingrid, que foi manchete dos jornais no Pan depois de ter publicado uma foto de maiô no Instagram e receber centenas de comentários, disse que espera chegar à final e, se chegar, acredita em medalha. 

"Eu espero conseguir entrar na final, que já vai ser um grande feito, já vai ser uma revelação em tanto, porque eu sei o quanto as meninas são boas, e o quanto elas têm estrutura e treinam muito para isso, e dedicam toda uma vida, têm mais experiências do que eu... Então eu já acho que é muito gratificante se eu entrar na final do individual e, se eu entrar na final, brigar por uma medalha, que eu acho que tem chances assim", declarou a saltadora.

A atleta aumentou o grau de dificuldade do seu salto, que somente foi executado oficialmente no Pan de Toronto, no qual acabou errando feio (ela caiu de costas e levou nota zero dos juízes). "Ainda mais com esse salto novo, que era o que faltava, então acho que com esse salto meu grau de dificuldade vai subir e vai dar para eu chegar junto", afirma. 

Ingrid está instalada na Vila Olímpica desde terça-feira e disse que está encantada com o local. "Estou gostando muito, é incrível tudo aqui, a Vila é gigante, a comida está maravilhosa, o quarto está ótimo, amei o edredom (risos), estou achando tudo incrível", conta.

"Comparando o Pan, que é bem menor, está muito incrível. Eu converso mais com o pessoal da Itália, dos saltos mesmo, porque eu sei falar italiano. Mas tem um bando de gente aí que a gente conversa bastante, do Brasil mesmo, de outras modalidades, a gente combina de almoçar, jantar...", emenda a atleta. 
 
Se tudo correr como planeja, sua competição acaba no dia 18 de agosto, dia das finais. Depois, terá três dias de folga para ficar na Vila. 

Veja Também: 

 

 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook