Arthur Zanetti brilha no Brasileiro de Especialistas de Ginástica Artística

Arthur Zanetti  / Foto: Ricardo Bufolun/CBGArthur Zanetti / Foto: Ricardo Bufolun/CBG

Rio de Janeiro - Um encontro de gerações em uma grande festa da Ginástica Artística do Brasil. Assim foi o encerramento do Campeonato Brasileiro Caixa de Especialistas de Ginástica Artística, que terminou neste domingo, na Arena Carioca 3, que integra o Parque Olímpico da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Desde a última sexta-feira (7), os principais ginastas do país disputaram o título de campeão por aparelhos, defendendo seus clubes. Ao mesmo tempo, o evento também consagrou nomes da nova geração e que irão brilhar nos próximos anos.
 
Válida pela 1ª Etapa do Circuito Caixa, as finais por aparelho do Brasileiro de Especialistas foi acompanhado por um bom público (a entrada era gratuita). A torcida pôde ver Arthur Zanetti consagrar-se como o grande destaque individual da competição. Medalha de ouro em Londres-2012 e prata na Rio-2016 nas argolas, Zanetti, que defende o Serc Santa Maria, de São Caetano do Sul, conquistou três medalhas de ouro: além das argolas, foi campeão também no solo e no salto. 
 
“Estou bem satisfeito com a minha competição, tudo o que havia planejado melhorar para esta final, eu consegui. Nas argolas, fiz uma série com uma dificuldade um pouco mais baixa, um décimo abaixo, sempre buscando a cravada na saída e consegui. No solo, melhorei em relação à classificação, mas dá para melhorar algumas coisas, mas gostei bastante. No salto, eu queria melhorar pelo menos o primeiro salto e foi muito melhor, o segundo também foi bom. Tem sempre que buscar a perfeição para conseguir tirar a melhor nota e ajudar a equipe”, afirmou Zanetti.
 
No feminino, o Flamengo acabou sendo o grande vencedor, com suas ginastas ganhando três dos quatro aparelhos. O único que não foi vencido pelo clube carioca foi o solo, que viu a jovem Ana Luísa Lima, de apenas 13 anos e que compete pelo Cegin-PR, ficar com o título.
 
Jade Barbosa, integrante da Seleção Brasileira feminina e que também defende o Flamengo, terceiro lugar nas paralelas e segundo no solo. “Fico muito feliz por ter competido na minha cidade. Além disso, ter um torneio brasileiro ao lado das categorias mais jovens não tem preço. É uma forma de manter o sonho delas vivo. Foi a primeira competição de clubes do ano e a gente já tira uma avaliação do que precisa melhorar e do que foi bom. Eu saio satisfeita deste Brasileiro, a tendência é evoluir cada vez mais, afirmou Jade.
 
Luciene Resende, presidente da CBG (Confederação Brasileira de Ginástica) destacou que o encontro de gerações que aconteceu nos últimos dias será importante para a formação de novos talentos. “Encerramos este Campeonato Brasileiro CAIXA de Ginástica Artística com muita alegria, onde aconteceu este encontro de gerações. Foi uma experiência muito grande para estas crianças que estão iniciando no esporte, juntando o nosso futuro ao lado dos atletas mais experientes. Isso faz com que a nossa Ginástica cresça cada vez mais e possamos representar muito bem o Brasil nas competições internacionais”, afirmou Luciene.
Resultados do Brasileiro Caixa de Especialistas
 
Ginástica Artística Masculina
 
Argolas
1º Arthur Zanetti (Serc Santa Maria-SP) – 15,050
2º Lucas Bitencourt (Minas Tênis Clube-MG) – 13,750
3º Leonardo de Souza (Minas Tênis Clube-MG) – 13,200
 
Barra fixa
1º Arthur Nory (Pinheiros-SP) – 14,400
2º Lucas Bitencourt (Minas Tênis Clube-MG) – 14,250
3º Felipe Ferreira (Minas Tênis Clube-MG) – 13,750
 
Cavalo com alças
1º Francisco Barreto Júnior (Pinheiros-SP) – 14,150
2º Lucas Bitencourt (Minas Tênis Clube-MG) – 13,550
3º Gabriel Faria Barbosa (Minas Tênis Clube-MG) – 13,550
 
Paralela
1º Vinicius Machado (APAM Setor Leste-DF) – 13,400
2º Felipe Ferreira (Minas Tênis Clube-MG) – 12,950
3º Luís Guilherme Porto (Grêmio Náutico União-RS) – 12,800
 
Salto
1º Arthur Zanetti (Serc Santa Maria-SP) – 14,200
2º Luís Guilherme Porto (Grêmio Náutico União) – 14,175
3º João Lucas Vieira (Sogipa-RS) – 14,025
 
Solo
1º Arthur Zanetti (Serc Santa Maria-SP) – 14,150
2º Tomás Florêncio (Sogipa-RS) – 13,550
3º João Lucas Vieira (Sogipa-RS) – 13,250
 
Ginástica Artística Feminina
 
Paralela
1º Lorrane Oliveira (Flamengo-RJ) – 13,467
2º Flavia Saraiva (Flamengo-RJ) – 13,000
3º Jade Barbosa (Flamengo-RJ) – 12,733
 
Solo
1º Ana Luísa Lima (Cegin-PR) – 14,100
2º Jade Barbosa (Flamengo-RJ) – 13,733
3º Julia Soares (Cegin-PR) – 13,467
 
Trave
1º Flavia Saraiva (Flamengo-RJ) – 13,500
2º Lorrane Oliveira (Flamengo-RJ) – 13,067
3º Julia Soares (Cegin-PR) – 12,867
 
Salto
1º Isabelle Cruz (Flamengo-RJ) – 13,867
2º Letícia Costa (Fluminense-RJ) – 13,200
 
Veja Também: 
 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook