Regras do Badminton

A peteca oficial de badminton tem dezesseis penas de ganso, que pesam apenas cinco gramas e geralmente não duram mais que 5 "rallys" por partida. o volante, para o nivel amador, é feita de Nylon e geralmente tem uma cor amarelo limão. A rede fica a 1,55 metros do chão.

É normalmente disputado em quadras cobertas, sendo a quadra dividida por uma rede. O objetivo do jogo é, usando a raquete, rebater a volante sobre a rede para a quadra do adversário, sem deixar a peteca tocar no chão. Aquele que deixar a volante cair dentro do seu lado da quadra, ou rebater a volante para fora da quadra, perde a jogada. Se o jogador (ou parceiro) que ganha a jogada for o que a iniciou, então marca-se um ponto e começa uma nova jogada; se não, passa a ser o adversário quem serve, e é esse que ganha o ponto,(igual as actuais regras do Volei, onde os pontos são corridos). O primeiro jogador a atingir 21 pontos ganha o jogo. O "game" pode chegar no máximo de 30 pontos, caso os jogadores empatem em 20 a 20 o jogo é prolongado para 22 pontos, caso empatem em 21 a 21 o jogo é prolongado para 23 pontos e assim até os 30 pontos máximos. O jogo tem duração máxima de três "games", o famoso melhor de três. Existe o intervalo de 2 minutos entre os jogos e o intervalo de 1 minuto quando alcançado os primeiros 11 pontos de um jogador por "game". Ganha quem vencer 2 jogos.

Apesar da quadra de badminton ser menor que uma de tênis, a distância percorrida por um jogador de Badminton pode ser muito maior. Neste desporto, a força, a velocidade, a agilidade, os reflexos e a resistência são essenciais.

A modalidade é muito popular em países asiáticos, como Paquistão, Índia, China, Indonésia, Tailândia, Malásia e Japão, explicando assim o segundo lugar no ranking dos desportos mais praticados no mundo. Também conta com praticantes na Europa, na América do Norte, na América Central e na América do Sul. Países como Estados Unidos da América, México, Canadá, Peru e Brasil também estão entre os que praticam Badminton.

 

Você Sabia ?

- O mais rápido saque já registrado no Badminton foi o do chinês Fu Haifeng

- Uma lenda diz que a melhor peteca foi feita com 16 penas de apenas uma asa, a esquerda, de um único ganso

- Mais de 1,1 bilhão de pessoas assistiu pela televisão a primeira competição oficial de Badminton em Jogos Olímpicos, em 1992

- Desde a estreia do badminton nos Jogos Olímpicos, apenas um atleta não asiático conquistou o ouro no esporte: o dinamarquês Poul-Erik Høyer Larsen, que venceu o torneio masculino em Atlanta 1996
 
- 261km/h é a maior velocidade já medida para uma peteca após ser rebatida
 
- 2.000 é a média de golpes na peteca ao longo de uma partida
 
 
Razões para assistir 
 

1. Velocidade da luz - Com golpes que podem chegar a 400 km/h, você vai se surpreender com o esporte de raquete mais rápido do mundo e nunca mais pensará em jogar peteca da mesma forma

2. Ótima atmosfera – A etiqueta diz que durante uma partida de Badminton a torcida deve ficar em silêncio, para não desconcentrar os competidores. Invariavelmente, no entanto, os gritos de “ahh” e “uhh” não podem ser evitados quando um ponto importante está em jogo.

3. Chamadas controversas – A frenética paz do esporte significa juízes suscetíveis a uma chamada errada aqui e ali. A reclamação dos competidores é proibida, mas quando as linguagens do corpo do jogador entram em ação, seguidas do barulho da torcida, a expectativa do telespectador certamente aumenta.

 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook