Caio Bonfim obtém índice para o Mundial de Londres | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Caio Bonfim obtém índice para o Mundial de Londres

Atleta conseguiu qualificação no GP de Marcha Atlética de Rio Maior, em Portugal / Foto: Wagner Carmo/CBAt

Portugal - O brasiliense Caio Bonfim (CASO-DF) terminou neste sábado (dia 1º) em sétimo lugar na prova dos 20 km da 26ª edição do Grande Prêmio Internacional de Rio Maior de Marcha Atlética, válido pela quarta etapa da IAAF World Race Walking Challenge 2017, realizado em Portugal.
 
Com o tempo de 1:22:13, o atleta de 26 anos, quarto colocado nos Jogos Olímpicos Rio 2016, obteve a qualificação para o Mundial de Londres, em agosto, na Grã-Bretanha. A marca exigida é de 1:24:00.
 
"Fiquei feliz com o resultado. Saí da base e já alcancei o objetivo, que era o índice. A prova foi de alto nível, marchei com os melhores e quero chegar ao Mundial de Londres em plena forma", comentou Caio. "Foi bom me preparar psicologicamente, fazer um boa marca e agora ficar treinando por aqui para a minha próxima prova na China", completou o atleta, referindo-se à etapa de Taicang do Challenge, marcada para o próximo dia 15.
 
Caio de Oliveira de Sena Bonfim estreou na temporada no dia 5 de março ao vencer a Copa Brasil Caixa de Marcha Atlética, em Bragança Paulista (SP). Ele foi o grande destaque do evento, conquistando a sexta vitória consecutiva nos 20 km da competição, realizada no bonito circuito montado ao lado do Lago do Taboão.
 
Na prova masculina deste sábado, Max dos Santos, companheiro de treinamento de Caio, terminou em 17º lugar, com 1:36:16. Já no feminino, a brasileira mais bem colocada foi Cisiane Dutra Lopes (AASD-PE), que ficou em 9º, com 1:37:44. Liliane Barbosa (ABC-DF) terminou em 12º, com 1:39:33, enquanto Elianay Pereira (CASO-DF) completou a prova em 15º, com 1:36:16.
 
O pódio da prova masculina foi composto pelo colombiano Eider Arevalo (1:20:40), o britânico Tom Bosworth (1:20:58) e o tunisiano Hassanine Sbei (1:21:12). O feminino teve a peruana Kimberly Garcia (1:31:00), a colombiana Sandra Arenas (1:31:13) e a portuguesa Ana Cabecinha (1:31:54).

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook