Daniel Ferreira bate recorde brasileiro dos 3.000 m | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Daniel Ferreira bate recorde brasileiro dos 3.000 m

Daniel Ferreira do Nascimento / Foto: Ytallo Barreto / CBAtDaniel Ferreira do Nascimento / Foto: Ytallo Barreto / CBAt

 
Rio de Janeiro - Daniel Ferreira do Nascimento (SP) conseguiu os objetivos estabelecidos ao vencer a prova dos 3.000 m do Campeonato Brasileiro Caixa de Menores (até 17 anos), na tarde deste sábado, dia 20, no Centro Interescolar de Educação Física Alberto Santos Dumont, no Recife (PE). Além da medalha de ouro e de se qualificar para o Sul-Americano da Colômbia, ele bateu o recorde do torneio e o brasileiro da categoria, com o tempo de 8:26.90. 
 
Recordista sul-americano de menores dos 5.000 m, o paulista entrou na competição para lutar contra o cronômetro. Correu o tempo todo bem à frente dos adversários e contou com o auxílio de quatro técnicos da Federação Paulista de Atletismo, que gritavam o ritmo necessário de prova em pontos estratégicos da pista.
 
"Estava com 8:36.91 e sabia que poderia ser mais rápido nos 3.000 m. Por isso, até desisti de disputar os 1.500 m pela manhã", lembrou o corredor de 16 anos, representante do Brasil nos Jogos Olímpicos da Juventude, em agosto, na China. "Agora, vou descansar e amanhã (domingo) vejo se tenho condições de correr também os 2.000 m com obstáculos", completou.
 
O recorde brasileiro anterior era de Clayton Luiz Aguiar, com 8:28.8, desde 2.000, e o do Campeonato era de Antonio Ribeiro Barbosa, com 8:37.50, desde 2008.
 
Outro bom resultado foi alcançado nos 400 m com barreiras, com Mikael Antônio de Jesus (PR), que bateu o recorde do Campeonato, com 51.52. Mikael foi quarto colocado nos Jogos Olímpicos da Juventude de Nanquim.
 
"Tinha certeza de que iria conseguir um bom resultado. Espero manter a confiança para correr bem também no Sul-Americano de Cáli", comentou o paranaense de Campo Mourão, que garantiu vaga em Nanquim na seletiva realizada em março também na cidade colombiana. O recorde anterior da prova era Tiago Nogueira de Souza, com 52.23, desde 2006
 
E, nos 100 m masculino, pela primeira vez na história da competição, todos os finalistas completaram a distância em menos de 11.00 (vento de 1.0). A medalha de ouro ficou com Derick de Souza Silva (RJ), com 10.62, enquanto a prata e o bronze foram para Pedro Gil Xavier (AM) e Marcelo Ferreira Neves (SP), com 10.72 e 10.82, respectivamente.
 
"Estou muito feliz com esse resultado porque estava treinando forte. O objetivo é ir melhor no Sul-Americano da Colômbia", comentou Derick, de 16 anos, que tem 10.50 como recorde pessoal. "Sou campeão mirim e é bom ganhar também no menor na minha primeira temporada."
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook