Integrantes do Clube BM&FBovespa treinam e buscam bons resultados na Europa | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Integrantes do Clube BM&FBovespa treinam e buscam bons resultados na Europa

Vice-campeã mundial Fabiana Murer, do salto com vara, viaja para a Suécia na quinta-feira / Foto: Agência Luz/BM&FBOVESPA

Suécia - A pouco mais de dois meses para a competição olímpica no Rio, vários atletas do Clube de Atletismo BM&FBOVESPA fizeram as malas e vão treinar e competir fora do Brasil.
 
Para alguns, já qualificados para a disputa, o período no exterior servirá como preparação. Outros estão na Europa em busca de índice antes do prazo final de obtenção de marcas mínimas. Todos, entretanto, voltam ao país às vésperas da disputa do Troféu Brasil, que será realizado entre 30 de junho e 3 de julho, em São Bernardo do Campo.
 
A vice-campeã mundial Fabiana Murer viaja para Malmo, na Suécia, sua base de treinamentos na Europa, nesta quinta-feira (26/5/2016). Fabiana estreou na temporada ao ar livre no Campeonato Ibero-Americano, evento-teste do atletismo, no Rio, na semana passada, com vitória (4,60 m). Já qualificada para a disputa olímpica, ela participou do torneio para fazer o reconhecimento do novo setor do salto com vara do Engenhão. "Esse período de treinos (desde abril) foi muito bom, cumpri todas as etapas de treinamento sem problemas. Participei do Ibero, porque era importante, mas encarei como treino. E foi ótimo, saí confiante da competição", disse Fabiana. 
 
A primeira competição de Fabiana é a Diamond League de Roma, em 2 de junho. Na sequência, participa de outra etapa do principal circuito de provas da IAAF, em Birmingham (5 de junho). Antes de retornar para a disputa do Troféu Brasil, em julho, a saltadora ainda compete em Genebra (11/6) e Lucerna (14/6). "Estou indo para essas competições para começar a pegar ritmo. O salto com vara feminino está forte, competitivo. Nessas provas, quero ganhar constância nos saltos e nos resultados", afirmou a saltadora. Depois do Troféu Brasil, ela retorna para a Europa.
 
Lutimar Abreu Paes, que conquistou a qualificação olímpica para os 800 metros no Ibero, já está em solo europeu. Desde a semana passada, o meio-fundista está na cidade de Neijmegen, na Holanda, base de seus treinos e onde fará a preparação final até agosto. "Serão quatro ou cinco competições para teste", explicou seu técnico, Ricardo D'Angelo. No último domingo (22/5), Lutimar disputou sua primeira prova: conquistou a prata no AA Drink FBK Games, em Hengelo, com a marca de 1min46s04.
 
Oficialmente convocado para o Rio, onde fará sua terceira participação olímpica, o marchador Mário José dos Santos Júnior disputa no sábado (28/5/2016) o Gran Premio Cantones de La Coruña, na Espanha. Classificado para a prova de 50 km da marcha atlética, Mário vai marchar 20 km na prova espanhola.
 
Mauro Vinícius da Silva, o Duda, e Darlan Romani, viajaram na semana passada para Portugal e ficarão baseados no Centro de Alto Rendimento do Jamor até o dia 28 de junho. Duda, que já saltou 8,14 m na temporada e ficou a um centímetro do índice olímpico do salto em distância, e Darlan, do arremesso do peso, disputam nesta quarta-feira (25/5) do IAAF World Challenge em Dacar, no Senegal.
 
Campeã dos 5.000 metros nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, Juliana Paula Gomes dos Santos está na Alemanha e vai participar de duas provas para tentar a qualificação olímpica nos 3.000 m com obstáculos (corre na Bélgica, em 28/5, e na República Checa em 6/6) - o marido Marílson Gomes dos Santos, já convocado para a maratona, acompanhará a corredora no período.
 
"Acho que a Juliana está preparada. Os treinos mostraram isso e basta que ela tenha confiança de que tem condições de fazer o índice. Os 9min03s que ela tem nos 3000 m rasos são uma indicação de que pode fazer o índice nos 3.000 m com obstáculos", avaliou o técnico Adauto Domingues.
 
Já Wagner Domingos, o Montanha, está em sua segunda fase de treinamentos na Eslovênia, que se estende até 25 de junho. O atleta do lançamento do martelo bateu o recorde brasileiro da prova mais uma vez (75,60 m), no início de maio, em competição na Croácia. Montanha ficou menos de duas semanas no Brasil - disputou o Campeonato Ibero-Americano e passou alguns dias treinando em São Caetano do Sul -, e retornou para a cidade de Brezice, onde trabalha com o técnico esloveno Vladimir Kevo. O lançador pretende buscar o índice olímpico para a prova, que é de 77 metros.
 
Mais informações: www.clubedeatletismo.com.br e www.clubedeatletismo.org.br
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook