Murer é prata em Zurique | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Murer é prata em Zurique

Fabiana Murer/ Foto: (Wagner Carmo / CBAt

Rio de Janeiro - Fabiana Murer conquistou a medalha de prata no GP de Zurique, nesta quinta-feira (29/8), na etapa final da Diamond League, o nobre circuito de provas da IAAF. A saltadora com vara alcançou 4,72 m em sua última prova na temporada internacional em 2013. A medalha de ouro ficou com a alemã Silke Spiegelburg (4,79 m) e a de bronze com a cubana Yarisley Silva (4,72 m). 
 
Fabiana somou 10 pontos na Corrida pelo Diamante, a classificação geral da Diamond League, terminando na terceira colocação. A campeã foi Silke Spiegelburg, com 17 pontos, com Yarisley Silva na segunda posição, com 13 pontos. Fabiana foi campeã da Diamond League em 2010 (23 pontos) e medalha de bronze em 2011 (10 pontos).
 
Em Zurique, Fabiana entrou na prova com o sarrafo a 4,52 m e passou na primeira tentativa também os 4,62 m e os 4,72 m, até então dividindo a liderança com Silke Spiegelburg. Fabiana ainda tentou ultrapassar a altura de 4,79 m, mas desperdiçou as três tentativas a que tinha direito. Yarisley, que já havia errado dois saltos a 4,62 m, passou de primeira os 4,72 m e foi direto para os 4,86 m - não conseguiu passar, assim como Silke.
 
"Foi por muito pouco que a Fabiana não passou os 4,79 m", lamentou o técnico Elson Miranda. "A vara acabou ficando fraca para a altura, mas o resultado aqui serviu para mostrar que ela está bem tecnicamente."
 
"Fiquei contente com meus saltos. Não passei os 4,79 m por uma questão de detalhes. Estou feliz por terminar tão bem a temporada. Dá motivação para continuar treinando e crescendo até 2016", disse Fabiana. "Este ano foi o ano da recuperação. Parei a temporada indoor para me recuperar da lesão no tendão de Aquiles, retomei as competições e fui crescendo ao longo do ano."
 
Este ano, Fabiana começou a temporada em janeiro, pelas provas indoor - saltou no Pole Vault Summit (4,60 m), em Reno (EUA), e fez índice para o Mundial. Na sequência, no Russian Winter, saltou 4,65 m e confirmou o índice, mas na terceira prova do ano se machucou e interrompeu a temporada indoor. Fabiana se recuperou da lesão no tendão de Aquiles do pé esquerdo antes de retomar as competições, em maio, em Nova York, Em junho, saltou 4,73 m no Troféu Brasil, no Ibirapuera. Foi quinta colocada no Mundial de Moscou, com 4,65 m. A melhor marca do ano veio no fim de agosto, no Meeting de Beckum, na Alemanha, com 4,75 m.
 
Fabiana participou de seis etapas da Diamond League em 2013. Saltou 4,53 m em Nova York e foi medalha de prata em uma prova prejudicada pelo frio. Depois, foi prata em Gotemburgo (4,61 m), prata em Birmingham (4,63 m), bronze em Londres (4,63 m), bronze em Estocolmo (4,59 m) e prata em Zurique (4,72 m).

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook