Seleção Brasileira viaja na quinta-feira para o Sul-Americano de Cross Country

Amanda Aparecida de Oliveira corre os 10 km adulto   / Foto: Wagner Carmo/CBAtAmanda Aparecida de Oliveira corre os 10 km adulto / Foto: Wagner Carmo/CBAt

Bragança Paulista - A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) definiu a delegação que representará o País no Campeonato Sul-Americano de Cross Country, que será disputado no próximo sábado (23/2), em Guayaquil, no Equador. A equipe terá 20 representantes – 10 no masculino e 10 no feminino – e três treinadores.
 
A Seleção Brasileira viaja em dois grupos na madrugada de quinta-feira (21/2) para a sede da competição. O primeiro deixa o Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande São Paulo, à 1:40 pelo voo CM 758, da Copa, via Cidade do Panamá, e o outro viaja às 5:55 pelo AV 916, da Avianca, via Lima.
 
A comissão técnica da equipe foi formada, a partir dos atletas convocados. O treinador-chefe será Sivirino Souza dos Santos (MT) e os técnicos serão Paulo Cesar da Costa (PR) e Alex Sandro Lopes (SP). Fabio Krebs Gonçalves (RS) e Dalvirene de Paiva Fragoso (RJ) acompanharão a equipe como médico e fisioterapeuta, respectivamente, e a chefia será de Daniel Ricardo Pereira (PE).
 
Já os atletas foram convocados pelos resultados obtidos na Copa Brasil Caixa de Cross Country, disputada no dia 27 de janeiro, no Parque Ecológico do Tietê, em São Paulo. Formada basicamente por jovens, a equipe tem como destaque o mineiro Gilberto Silvestre Lopes (Pé de Vento Petrópolis - RJ), campeão sul-americano da modalidade em 2012. Gilberto é hexacampeão da Copa Brasil.
 
“O Gilberto já foi campeão do Sul-Americano e medalhista em Pan-Americano de Cross (duas vezes vice-campeão), mas a equipe é jovem e a maioria dos atletas nunca participou de Seleção. Mas estão com muita vontade. A decisão da CBAt de aumentar o número de vagas na seleção - anteriormente, apenas os primeiros colocados iam para o Sul-Americano e o Pan-Americano - é importante. Se o Brasil não colher os frutos nesta competição fará isso em alguns anos. Os jovens vão ganhar experiência”, afirmou o treinador Alex Lopes.
 
O Campeonato Sul-Americano é seletivo para o Mundial de Cross Country, em Aarhus, na Dinamarca, marcado para o dia 30 de março. O objetivo das equipes, tanto no juvenil quanto no adulto, é brigar pelo título e a vaga para o Mundial - os times masculinos têm maiores chances. “Sempre fomos uma grande força na área sul-americana, mas não temos conseguido levar uma equipe para o Mundial - em 2017 só tivemos um atleta. Mas o Brasil vai para brigar pelo título”, acrescentou Alex Lopes.
 
Os convocados:
 
Masculino
 
Adulto – 10 km
Gilberto Silvestre Lopes (Pé de Vento/Petrópolis-RJ)
Johnatas de Oliveira Cruz (Guarulhos-SP)
Andre Ramos de Souza (Barra do Garças-MT)
Nicolas Antonio Gonçalves (Orcampi Unimed-SP)
 
Sub-20 – 8 km
Vitor de Oliveira da Silva (FECAM-PR)
Mario Henrique Alves Brito (Barra do Garças-MT)
Leonardo Ferreira do Nascimento (Orcampi Unimed-SP)
Yago de Souza Werneck (Vasco da Gama-RJ)
 
Sub-18 – 6 km
Douglas de Oliveira Henrique (Vasco da Gama-RJ)
Tiago Emídio Fernandes (AAC-SC)
 
Feminino
 
Adulto – 10 km
Amanda Aparecida de Oliveira (UFJF-MG)
Graziele Zarri (FECAM-PR)
Simone Ponte Ferraz (Corville-SC)
Jessica Suzan Rodrigues (Máster de Atletismo-MS)
 
Sub-20 – 6 km
Jeovana Fernanda Leopoldina dos Santos (ABDA-SP)
Leticia de Almeida Belo (Orcampi Unimed-SP)
Bianca Vitoria Esquerdo dos Santos (FAE Osasco-SP)
Maria Lucineida Moreira (Projeto Atletismo Campeão-PE)
 
Sub-18 – 4 km
Gabriela de Freitas Tardivo (IPEC-PR)
Francielly da Silva Marcondes (Barra do Garças-MT)
 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook