Atletas olímpicos participam do toque da campainha | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Atletas olímpicos participam do toque da campainha

Os 20 atletas qualificados para competição do Rio, um terço da seleção de atletismo, foram recebidos pelo público interno e o Diretor Presidente Edemir Pinto e participaram da abertura do pregão / Foto: Rafa Von Zuben/BM&FBOVESPAOs 20 atletas qualificados para competição do Rio, um terço da seleção de atletismo, foram recebidos pelo público interno e o Diretor Presidente Edemir Pinto e participaram da abertura do pregão / Foto: Rafa Von Zuben/BM&FBOVESPA

São Paulo - Os integrantes do Clube de Atletismo BM&FBOVESPA convocados para a seleção olímpica brasileira estiveram nesta segunda-feira (4/7/2016) na sede da Bolsa, no centro de São Paulo, em evento que contou com a presença de funcionários, de parceiros e da imprensa.
 
Os atletas participaram do toque da campainha, que simboliza a abertura do pregão da Bolsa, momento culminante de um encontro que teve como objetivo desejar boa sorte aos representantes da tradicional equipe àqueles que estarão na disputa olímpica do Rio, em agosto.
 
O encontro começou com um café da manhã, em que atletas e funcionários da Bolsa puderam interagir - com direito a muitas selfies. Em seguida, o Diretor Presidente da BM&FBOVESPA, Edemir Pinto, abriu o evento homenageando Vanderlei Cordeiro de Lima. O padrinho do Clube completou 47 anos nesta segunda-feira e ganhou um "Parabéns a Você" cantado por todos os presentes. 
 
Diante de atletas, técnicos, funcionários e jornalistas, Edemir Pinto agradeceu o apoio dos parceiros do Clube (CAIXA, Pão de Açúcar, Nike e São Caetano do Sul) e falou sobre o resultado deste ciclo olímpico - a BM&FBOVESPA tem o maior número de atletas na seleção brasileira. "A classificação deles e delas para a Olimpíada não é mera obra do acaso. É resultado de esforço, dedicação e excelência técnica. E também da estrutura e apoio do Clube, que certamente souberam aproveitar ao máximo".
 
Como representantes dos atletas, falaram ao público a saltadora Fabiana Murer, o maratonista Marílson Gomes dos Santos e o lançador Wagner Domingos, o Montanha. Os três falaram um pouco da trajetória de vida no esporte e o quanto o apoio do Clube tem sido importante na concretização de seus objetivos. Ao fim dos discursos, todos os atletas, juntos, acionaram a campainha.
 
Fabiana, Montanha e Marílson falam da preparação - Na sequência, os atletas olímpicos atenderam a imprensa. Fabiana Murer, que disputará a competição olímpica pela terceira vez, falou sobre o excelente resultado obtido no domingo, na final do salto com vara do Troféu Brasil, em que bateu o recorde sul-americano e assumiu a liderança do ranking mundial com a marca de 4,87 m. Antes de ir para o Rio, a saltadora retorna à Europa, onde disputará duas etapas da Diamond League: Mônaco, em 15 de julho, e Londres, em 23 de julho.
 
"Duas semanas atrás, quando voltei da Europa, fiz treinos difíceis, treinos em que achei que a velocidade não saía mais como antigamente. Até passou pela minha cabeça: 'Nossa, estou ficando velha, está mais difícil'. Mas acho que faltava mesmo o descanso e a adaptação ao fuso", contou a saltadora. "Acabei descansando bem na semana antes do Troféu, uma competição que gosto muito e tenho muita motivação. Os saltos aconteceram fáceis. Foi uma emoção muito grande atingir a melhor marca no último ano da minha carreira, porque eu sempre quis terminar bem, e estou conseguindo. Vou me esforçar ao máximo para conseguir uma medalha olímpica, porque não vai ser fácil."
 
Assim como Fabiana, que encerra a carreira ao fim da temporada, Marílson Gomes dos Santos também dará adeus à vida de atleta após disputar sua terceira edição olímpica. Nesta terça, ele e a mulher, Juliana Paula Gomes dos Santos, também classificada (correrá os 3.000 m com obstáculos), viajam para Paipa, na Colômbia, para treinamento em altitude. Retornam ao Brasil direto para o Rio, onde ficarão até competir.
 
"Amanhã viajo para a Colômbia, volto e fico no Rio até o dia da prova, para me adaptar, porque há uma diferença muito grande no clima, especialmente a alta umidade relativa do ar. Mas não estou fazendo uma preparação diferente em relação às outras duas Olimpíadas. Foram duas participações totalmente diferentes. Na primeira (Pequim/2008), treinei muito e desisti da prova, porque não me senti bem no dia. Na segunda (Londres/2012), estava voltando de lesão e terminei na 5ª colocação. Estou esperançoso, porque a maratona é uma das provas em que tudo pode acontecer."
 
Já Wagner Domingos emocionou a todos com seu discurso, ainda no evento do toque da campainha, ao contar o início da sua carreira no atletismo - procurou o esporte porque, adolescente, estava acima do peso - e de como a estrutura do Clube, com uma equipe multidisciplinar, ajudou na detecção e na cura de um câncer na bexiga, em 2011.
 
Montanha conquistou o índice olímpico para a prova do lançamento do martelo em 19 de junho, com a marca de 78,63 m, recorde sul-americano. Com o resultado, estará pela primeira vez na disputa olímpica e o Brasil voltará a ter um representante na prova após 84 anos. "Quando começamos a preparação, estávamos primeiro atrás do índice. Depois, quando atingimos, veio outra meta, que é estar na final olímpica. Nesta final, quero estar entre os oito melhores. Tem que ir passo a passo. E se a consequência for uma medalha, será maravilhoso."
 
O lançador também falou da sua rotina em Brezice, cidade da Eslovênia com apenas 5 mil habitantes em que passou a maior parte do tempo nesta temporada. É lá onde vive seu treinador, Vladimir Kevo. "É uma cidade muito pequena e eu brinco que lá todo dia parece ser o mesmo dia, porque é sempre a mesma rotina. Lá eu fico mais focado, coloco 100% da energia nos treinamentos", contou. "Estando lá também há mais oportunidades para competir. Fiz cerca de 15 competições, um ritmo muito bom para fazer o índice." Nesta terça, o lançador volta para a cidade eslovena e só retorna ao Brasil em 4 de agosto.
 
Os atletas do Clube BM&FBOVESPA na seleção olímpica:
 
Vítor Hugo dos Santos - 100 m, 200 m e 4x100 m
Ricardo Mário de Souza - 4x100 m
Hugo Balduíno - 4x400 m
Alexander Russo - 4x400 m
Lutimar Abreu Paes - 800 m
Thiago do Rosário André - 1.500 m
Augusto Dutra - salto com vara
Wagner Domingos - lançamento do martelo
Júlio César de Oliveira - lançamento do dardo
Darlan Romani - arremesso do peso
Luiz Alberto de Araújo - decatlo
Marílson Gomes dos Santos - maratona
Mário José dos Santos Júnior - marcha 50 km
Jailma Sales de Lima - 400 m
Letícia Cherpe de Souza - 4x400 m
Juliana Paula Gomes dos Santos - 3.000 m com obstáculos
Fabiana Murer - salto com vara
Núbia Soares - salto triplo
Keila Costa - salto triplo e salto em distância
Fernanda Borges - lançamento do disco
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook