Brasil estreia com 19 medalhas no Sul-Americano de Lima

Augusto Dutra garantiu a medalha de ouro no Salto com Vara  / Foto: Wagner Carmo / CBAtAugusto Dutra garantiu a medalha de ouro no Salto com Vara / Foto: Wagner Carmo / CBAt

Peru - A chuva e o frio prejudicaram um pouco o desempenho dos atletas no primeiro dia de competições do 51º Campeonato Sul-Americano de Atletismo, que será disputado desta sexta-feira (23/5) até domingo (25/5), no novo Estádio de La Videna, em Lima, no Peru. Um exemplo disso é que a prova do salto com vara feminino foi transferida desta sexta para sábado (24/5), às 11 horas no horário de Brasília.
 
De qualquer forma, os brasileiros conseguiram bons resultados nas duas primeiras etapas da competição, conquistando 19 medalhas, 6 de ouro, 7 de prata e 6 de bronze, dando um passo decisivo para manter a hegemonia na competição.
A carioca Vitória Rosa, por exemplo, venceu os 100 m, com 11.24 (0.6), ratificando mais uma vez o índice para o Campeonato Mundial de Doha, no Catar, de 27 de setembro a 6 de outubro.
 
O catarinense Rodrigo Nascimento, integrante da equipe de revezamento 4x100 m, campeã do Mundial de Yokohama, no Japão, no dia 12/5, também venceu com tranquilidade os 100 m, com 10.30 (vento negativo de 0.9). Ele fez dobradinha com o paulista Felipe Bardi dos Santos, segundo colocado, com 10.43.
 
Outra dobradinha esperada e confirmada ocorreu no lançamento do disco feminino, que teve vitória da paraibana Andressa de Morais, a recordista sul-americana, com 62,42 m. A gaúcha Fernanda Borges Martins ficou com a prata, com 60,87 m.
O recordista sul-americano dos 110 m com barreiras, o carioca Gabriel Constantino, também confirmou seu favoritismo ao vencer a prova, com 13.54 (-0.8). O colombiano Yohan Chaverra ficou em segundo, com 13.66, seguido do paulista Eduardo dos Santos de Deus, com 13.68.
 
No salto com vara, outra dobradinha brasileira. Ouro para Augusto Dutra, com 5,61 m, e prata para Thiago Braz, o campeão olímpico, com 5,41 m.
 
Outra medalha de ouro foi conquistada pela carioca Tiffani Marinho, que venceu os 400 m, com 52.81. Aos 20 anos, ela é uma atleta de futuro. Fez parte da equipe 4x400 m mista no no Mundial de Revezamento de Yokohama, no Japão.
 
As medalhas do Brasil 
 
Ouro (6)
Andressa Oliveira de Morais - lançamento do disco - 62.41 m
Gabriel Constantino - 110 m com barreiras - 13.54 (-0.8)
Vitória Rosa - 100 m - 11.24 (+0.6)
Rodrigo Nascimento - 100 m - 10.28 (-0.9)
Augusto Dutra - salto com vara - 5.61 m
Tiffani Marinho - 400 m - 52.81
 
Prata (7)
Tatiele de Carvalho - 10.000 m - 33:40.76
Fernando Ferreira - salto em altura - 2.21 m
Douglas Júnior - lançamento do disco - 56.93 m
Fernanda Borges - lançamento do disco - 60.87 m
Felipe Bardi dos Santos - 100 m - 10.43 (-0.9)
Lucas Carvalho - 400 m - 46.12
Thiago Braz - salto com vara - 5.41 m
 
Bronze (6)
Adelly Oliveira - 100 m com barreiras - 13.64 (-0.1)
July Ferreira da Silva - 1.500 m - 4:27.93
Eduardo de Deus - 110 com barreiras - 13.68 (-0.8)
Carlos de Oliveira Santos - 1.500 m - 3:55.18
Gabriele dos Santos - salto triplo - 13.30 m
Anderson Henriques - 400 m - 46.15
 
Veja Também: 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes
Curta - EA no Facebook