Brasileiros em competições mundiais em 2018

Alison Santos   / Foto: Divulgação/CBAtAlison Santos / Foto: Divulgação/CBAt

São Paulo - A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) levou o Brasil a disputar todos os campeonatos internacionais realizados na temporada pelas entidades oficiais do esporte: IAAF, AIA e CONSUDATLE. Além de participar também de eventos poliesportivos, com equipes de Atletismo integrando delegações formadas pelo COB.
 
O torneio mais importante de 2018 foi o Mundial Indoor, realizado pela segunda vez na cidade britânica de Birmingham. A primeira vez foi em 2003, quando Maurren Maggi ganhou bronze no salto em distância.
 
Desta vez, o mato-grossense Almir Cunha dos Santos, o Almir Junior, foi o destaque do País ao conquistar a medalha de prata no salto triplo no dia 3 de março, com 17,41 m. Foi a 16ª medalha do País na história dos Mundiais em Pista Coberta.
 
No Mundial Indoor de Birmingham, o Brasil teve uma equipe de sete atletas, todos com os índices exigidos pela IAAF. Outros bons resultados foram alcançados por Darlan Romani, quarto colocado no arremesso do peso, com 21,37 m (recorde sul-americano em pista coberta), e por Gabriel Oliveira Constantino, sexto nos 60 m com barreiras, com 7.71 (fez 7.61 na semifinal).
 
Mundial Sub-20 - O Brasil conquistou duas medalhas no Mundial Sub-20, outra competição do calendário da IAAF, disputado de 10 a 15 de julho, na cidade de Tampere, na Finlândia. Mirieli Estaili Santos conquistou a medalha de prata do salto triplo, com 13,81 m (1.5), enquanto Alison Brendom dos Santos ganhou bronze nos 400 m com barreiras, com 49.78 (recorde pessoal).
 
Com os resultados obtidos em Tampere, Mirieli e Alison terminam a temporada 2018 na quarta colocação no Ranking Mundial Sub-20. 
 
O Brasil teve uma delegação com 20 atletas – sete homens e 13 mulheres. Além da prata de Mirieli e do bronze de Alison Santos, outros finalistas foram: Pedro Henrique Rodrigues, 5º no lançamento do dardo; Lorraine Martins, 6ª e 7ª nos 100 e nos 200 m, respetivamente; 8ª no revezamento 4x400 m (com Marlene Santos, Tiffani Marinho, Chayanne da Silva e Letícia Lima); Valquiria Meurer, 9ª no lançamento do disco; e Fabielle Samira Ferreira, 10ª no lançamento do dardo.
 
Mundial de Marcha Atlética - A pernambucana Erica Rocha de Sena ficou em quarto lugar no Mundial de Marcha Atlética, realizado nos dias 5 e 6 de maio, na cidade de Taicang, na China, com 1:28:11.
 
Na oportunidade, ela recebeu a medalha de bronze do Mundial de Roma 2016, quando havia terminado em quarto lugar, mas herdou o terceiro lugar com a desqualificação da chinesa Hong Liu, que terminara em primeiro, mas que depois foi desqualificada por doping.
 
Erica foi, ainda, a vice-campeã do Circuito Mundial de Marcha, organizado pela IAAF.
 
Jogos da Juventude - Nos Jogos da Juventude disputados em Buenos Aires, dois atletas brasileiros na categoria sub-20 deram medalhas ao País: Lucas Conceição Vilar e Letícia Maria Lima, que levaram o bronze nos 200 m, masculino e feminino.
 
 
 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook