Tristan Roberts conquista o Itacoatiara Pro 2019

Sul-africano venceu o local Dudu Pedra na decisão após um longo dia de competições / Foto:  Tony D´Andrea/Itacoatiara ProSul-africano venceu o local Dudu Pedra na decisão após um longo dia de competições / Foto: Tony D´Andrea/Itacoatiara Pro

Niterói - Não foi desta vez que um brasileiro venceu o Itacoatiara Pro. Repetindo as campanhas de Guilherme Tâmega (2012) e Uri Valadão (2015), Dudu Pedra, um dos ídolos de Niterói, chegou a decisão, mas acabou superado pelo sul-africano Tristan Roberts.
 
Vice-campeão do Itacoatiara Pro em 2018, o jovem atleta da África do Sul mostrou que é um dos fortes candidatos ao título do APB World Tour com mais uma vitória no tour. Com o resultado Tristan soma 8.000 e arranca na liderança do circuito mundial que segue para três eventos seguidos no Chile.
 
O dia foi longo para todos os competidores, especialmente para Dudu e Tristan. Para chegar na final os dois passaram por muitas baterias após vários dias de adiamento devido a falta de ondas. Felizmente, justo no último dia do período de espera, o swell encostou com força possibilitando a conclusão do Itacoatiara Pro.
 
Até a final Dudu eliminou nomes de peso, como o bicampeão mundial Pierre Louis Costes (quartas) e o jovem Gabriel Braga (semi), um dos novos talentos da nova geração brasileira. Já Tristan encarou baterias duras contra o australiano Lewy Finnegan (quartas) e o havaiano Tanner McDaniel (semi), autor do maior somatório da competição com 18,00 (9,67 + 8,33) em sua apresentação nas quartas de final.
 
Na bateria final o sul-africano achou as duas melhores ondas da disputa e com 12,50 comemorou seu primeiro título no Brasil, enquanto Dudu soma seu melhor resultado em uma edição do Itacoatiara Pro, superando a terceira colocação alcançada em 2013. O brasileiro Gabriel Braga e o havaiano Tanner McDaniel completaram o pódio com os terceiros lugares na edição 2019 do Itacoatiara Pro.
 
Com o resultado a África do Sul passa a ser a nação com o maior número de títulos da etapa brasileira do Circuito Mundial. A vitória de Tristan soma o terceiro caneco para os sul-africanos ao lado de Iain Campbell (2018) e Jared Houston (2014). Amaury Lavernhe, de Ilhas Reunião, venceu duas vezes, 2013 e 2015, enquanto o australiano Dave Winchester (2012), o basco Alex Uranga (2016) e o canário Diego Cabrera (2017) completam a lista de campeões.
 
O APB World Tour segue agora para o Chile onde três etapas serão disputadas. A primeira delas ocorre entre os dias 22 e 28 de junho, em Iquique, na sequencia o tour desembarca em Antofagasta, que tem sua janela de espera entre e os dias 4 e 14 de julho. Por fim, a perna sul-americana termina na icônico onda de El Gringo, com mais uma edição da etapa de Arica, entre os dias 19 e 28 de julho.
 
Final do Itacoatiara Pro:
H1: Tristan Roberts (AFS) 12,50 x 5,33 Dudu Pedra (BRA)
 
Semifinais do Itacoatiara Pro:
H1: Dudu Pedra (BRA)  14,16 x 11,84 Gabriel Braga (BRA)
H2: Tristan Roberts (AFS) 15,60 x 9,66 Tanner McDaniel (HAV)
 
Quartas do Itacoatiara Pro:
H1: Gabriel Braga (BRA) 17,77 x 16,23 Sammy Morrentino (HAV)
H2: Dudu Pedra (BRA) 13,83 x 10,57 Pierre Louis Costes (FRA)
H3: Tanner McDaniel (HAV) 18,00 x 11,16 Nelson Flores (CHI)
H4: Tristan Roberts (AFS) 15,34 x 10,67 Lewy Finnegan (AUS)
 
Round 4 do Itacoatiara Pro:
H1: Gabriel Braga (BRA) 13,43 x Dudu Pedra (BRA) 12,66 x Socrrates Santana (BRA) 12,30 x Diego Cabrera (I CAN)
H2: Pierre Louis Costes (FRA) 13,73 x Sammy Morrentino (HAV) 12,17 x Kalani Lattanzi (BRA) 10,73 x João Zik (BRA) 8,60
H3: Nelson Flores (CHI) 13,10 x Tristan Roberts (AFS) 12,40 x Iain Campbell (AFS) 11,26 x George Humpreys (AUS) 9,50
H4: Lewy Finnegan (AUS) 16,40 x Tanner McDaniel (HAV) 13,60 x Yoshua Toledo (CHI) 12,50 x David Barbosa (BRA) 11,07
 
Round 3 do Itacoatiara Pro:
H1: Gabriel Braga (BRA) 12,50 x Sammy Morrentino (HAV) 11,00 x Alan Munoz (CHI) 10,57
H2: Diego Cabrera (I CAN) 11,60 x Kalani Lattanzi (BRA) 11,03 x Marcelo Barros (BRA) 7,67
H3: João Zik (BRA) 12,73 x Socrates Santana (BRA) 12,57 x Isaias Ravyc (BRA) 8,67
H4: Pierre Louis Costes (FRA) 13,27 x Dudu Pedra (BRA) 12,00 x Cristobal Fernandez (CHI) 8,00
H5: Iain Campbell (AFS) 13,83 x David Barbosa (BRA) 10,17 x Maxime Ausina (FRA) 5,00
H6: Tristan Roberts (AFS) 13,16 x Yoshua Toledo (CHI) 10,90 x Sergio Junior (BRA) 7,50
H7: Tanner McDaniel (HAV) 14,77 x Nelson Flores (CHI) 9,50 x Davis Blackwell (AUS) 9,17
H8: Lewy Finnegan (AUS) 11,83 x George Humpreys (AUS) 11,27 x Patrick Orr (HAV) 10,50
 
Round 2 (repescagem) do Itacoatiara Pro:
H1: Kalani Lattanzi (BRA) 12,17 x Alan Munoz (CHI) 11,47 x Eder Luciano (BRA) 10,90 x Joshua Kirkman (AUS) 8,97
H2: Isaias Ravyc (BRA) 12,63 x Dudu Pedra (BRA) 11,44 x Kevin Torres (CHI) 10,47 x Hermano Castro (BRA) 5,17
H3: Yoshua Toledo (CHI) 12,33 x Maxime Ausina (FRA) 10,83 x Brahim Iddouch (MAR) 10,16 x Maxime Castillo (FRA) 8,27
H4: Nelson Flores (CHI) 11,90 x George Humpreys (AUS) 9,93 x Uri Valadão (BRA) 9,53 x Adejaldo Silva (BRA) 8,73
 
Itacoatiara Pro – Galeria de campeões
2012 – Dave Winchester (Austrália)
2013 – Amaury Lavernhe (Ilhas Reunião)
2014 – Jared Houston (África do Sul)
2015 – Amaury Lavernhe (Ilhas Reunião)
2016 – Alex Uranga (País Basco)
2017 – Diego Cabrera (Ilhas Canárias)
2018 – Iain Campbell (África do Sul)
2019 - Tristan Roberts (África do Sul)
 
 
 
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook