Revolução no Atletismo do Paraná | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Revolução no Atletismo do Paraná

Evandro Roman (centro) e Martinho Santos  / Foto: Divulgação CBAtEvandro Roman (centro) e Martinho Santos / Foto: Divulgação CBAtCuritiba - Uma visão do futuro. Com este pensamento, o Paraná se propõe a revolucionar a iniciação ao Atletismo no Estado. A iniciativa, por orientação do governador Beto Richa, é do secretário estadual de Esportes, Evandro Rogério Roman.

O presidente da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), Roberto Gesta de Melo, entusiasmou-se com a ideia: "A evolução esportiva em geral passa pelo crescimento do Atletismo, naturalmente chamado de esporte-base".

Evandro Rogério Roman esteve em Manaus em 2011, quando a CBAt organizou um encontro de dirigentes e autoridades esportivas do País com representantes do Ministério do Esporte. Na ocasião, tomou contato mais próximo com o "MiniAtletismo", projeto da IAAF (federação internacional de atletismo), para crianças de 7 a 12 anos, adaptado às condições brasileiras pela Confederação. No evento, a CBAt distribuiu uma cartilha com as instruções básicas para a implantação do projeto.

Para incrementar o projeto, Evandro Roman recebeu o superintendente-técnico da Confederação, Martinho Santos. Roman destaca que o governador quer "levar o projeto para as mais de duas mil escolas estaduais. Com certeza, os frutos serão colhidos nos próximos anos". Para o secretário, "é importante incentivar a evolução do esporte, de forma instrutiva e atraente".

O Paraná quer dar as melhores condições de preparação aos atletas e para-atletas do Estado. Assim, Evandro Roman, Martinho Santos, o presidente da Federação Paranaense de Atletismo Ubiratan Martins Jr., treinadores e atletas foram a Cascavel, onde visitaram o Centro Esportivo Ciro Nardi. É nesse espaço que Governo vai instalar o "Centro de Excelência em Atletismo".

Para o "Centro de Excelência" de Cascavel, onde será construída uma pista de atletismo de alto padrão, serão mandados aqueles que se destacarem em núcleos do projeto, espalhados por outras cidades do Estado. Segundo Martinho, "o espaço é muito bom. A idéia é fantástica para o atletismo. Se necessário apontaremos pequenas adequações para realizar o projeto".

Já nas cidades de Apucarana e Paranavaí serão implantados núcleos do MiniAtletismo. Em Paranavaí será construída uma pista no Colégio Estadual e, em Apucarana, no Centro Esportivo José Antonio Basso. Outras cidades contempladas pelo projeto são Campo Mourão, Cornélio Procópio, Ponta Grossa e Toledo. Além dessas cidades - e de Londrina e Maringá, que já desenvolvem trabalhos de formação no atletismo -, a proposta do Governo do Estado, diz Roman, contará com um total 22 polos de desenvolvimento de atletismo.
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook