Priscilla Stevaux é vice-campeã brasileira de BMX no Rio Grande do Sul

Atletas do Shimano Sports Team obtiveram ainda outros importantes resultados nas provas do fim de semana em diferentes modalidades / Foto: Divulgação/CBCAtletas do Shimano Sports Team obtiveram ainda outros importantes resultados nas provas do fim de semana em diferentes modalidades / Foto: Divulgação/CBC

Rio Grande do Sul - A ciclista Priscilla Stevaux (Shimano/Dougtraining/CCSJC) ficou bem próxima do objetivo de conquistar o seu quarto título nacional de BMX. A sorocabana disputou neste fim de semana o Campeonato Brasileiro de BMX de 2017, em Campo Bom (RS), e finalizou ambas as provas do evento com duas medalhas de prata.
 
Enquanto no sábado (1º) foi realizado o contrarrelógio, no domingo (2) foi a vez da prova oficial para definição dos campeões. Se no feminino as duas disputas tiveram vitória de Julia Alves, entre os homens foi o piloto Anderson Ezequiel quem fez a dobradinha.
 
Apesar de não ter conquistado o tetracampeonato, após vencer nos três anos anteriores, a ciclista sabe que está no caminho certo para a sua próxima competição na temporada. "Acredito que tive um bom desempenho e esteja com boa preparação para o Campeonato Mundial. O Brasileiro não era o foco neste momento. Estava realmente me preparando para o Mundial, ou seja, em fase diferente em relação às adversárias", contou Priscilla.
 
"Desde quando viajei para o Rio Grande do Sul na semana passada, fui com a consciência de que não estaria na minha melhor forma para esta competição. Mas, por outro lado, pude perceber grande melhora nas minhas maiores dificuldades, que são força e a saída do gate (local de largada)", complementou a ciclista de 23 anos, única representante do Brasil entre as mulheres na Olimpíada Rio 2016.
 
O Campeonato Mundial de BMX está marcado para o fim deste mês, entre os dias 25 e 29, em Rock Hill, nos Estados Unidos. "Terei esta segunda-feira (3) para descanso, quando retorno a Sorocaba. Após isso, já voltarei com força total aos treinos para o Mundial. E, se os treinamentos forem como o esperado, a expectativa é de estar em minha melhor forma até hoje em minha carreira, para fazer uma grande participação no principal desafio da temporada", destacou.
 
Adventure Camp - A triatleta Laura Mira (Team Oggi/Isapa) disputou neste domingo (2) a etapa de Brotas (SP) do circuito Adventure Camp, de corridas de aventura, competindo ao lado de Rafael Campos, Rafael Melges e Victor Lopes, pela equipe Quasar Lontra. Além de conquistar o título entre os quartetos, o time de Laura foi o campeão geral do evento, contando ainda as duplas e também a participação de atletas individualmente.
 
"Estou super feliz, porque tivemos um ótimo desempenho. Ninguém chegou na nossa frente e isso levantou muito a moral da equipe. Após uma corrida sem a nossa formação original, tivemos a Quasar Lontra completa e fomos sedentos para ganhar em Brotas", comemorou Laura. "No MTB foram muitos trechos arenosos e subidas duras, com downhill técnico nas descidas. Eu me senti bem por estar cada vez mais confiante em cima da bike. Na corrida de montanha também tive boa performance, o que me deixa bastante satisfeita. Fizemos o percurso de 50 km, incluindo a canoagem, em um total de 4h10 minutos, com a realização também do rapel", complementou.
 
Estrada Real de MTB - Os atletas do Shimano Sports Team dominaram os pódios masculino e feminino da segunda etapa da Estrada Real de MTB, realizada em Santana dos Montes (MG), e válida como Campeonato Mineiro de cross country olímpico (XCO). Na prova vencida por Luiz Cocuzzi, o restante do top 5 foi composto por atletas patrocinados pela marca: o vice foi Sherman Trezza, da Caloi Elite Team, e em seguida veio o trio da Sense Factory Racing, Guilherme Muller, Rubinho Valeriano e Mario Couto.
 
"Na minha avaliação acredito que consegui um bom resultado na competição. Andei bem encaixado no pelotão logo no início da prova, com cuidado para não cometer nenhum erro e pude render muito bem nas duas voltas finais. O circuito foi bem completo, com trechos planos, trilhas e uma dura subida que definiu o resultado da prova. Fiquei satisfeito. Agora, o foco está no Brasileiro de XCO, no Espírito Santo, na segunda quinzena de julho", avaliou Sherman.
 
Entre as mulheres, enquanto Karen Olimpio (Team Oggi/Isapa) venceu a sub-23 e ficou em terceiro na super elite, Danielle Moraes (AVA Project) finalizou com o vice na sub-23 e quarta colocada no geral. A sub-23 masculina teve ainda o título de Mario Couto, com João Pedro Firmeza (AVA Project) em quinto lugar da categoria, sendo João Pedro o 12º na elite.
 
Dublin Track Cycling International - Em temporada de provas na Europa, visando somar pontos para garantir uma das 24 vagas na Copa do Mundo UCI de Ciclismo de Pista, Gideoni Monteiro (Indaiatuba/Shimano/HTPro Nutrition) disputou neste fim de semana o Dublin Track Cycling Internacional. Gideoni foi o sétimo colocado no omnium, ao somar 81 pontos nas quatro provas realizadas: scratch 10k, tempo 10k, eliminação e prova por pontos de 30 km. O título da omnium ficou com o dinamarquês Niklas Larsen, com 159 pontos. Frederik Madsen (DIN) foi o vice-campeão, com 140, e Ethan Hayter (GBR) completou o pódio, ao somar 107.
 
"O nível da disputa estava bem alto, uma vez que tinha bastante gente do primeiro escalão, como competidores de Copa do Mundo e da Olimpíada Rio 2016, correndo nesta prova irlandesa. O foco dos atletas é o mesmo, o de pontuar para garantir uma vaga na Copa do Mundo. Deu para ver como estão minhas pernas neste primeiro desafio e, de um modo geral, estou satisfeito com meu resultado", contou Gideoni. "Gostaria de agradecer a Confederação Brasileira de Ciclismo, por todo apoio que está me dando para a realização desta viagem, bem como meus demais patrocinadores", finalizou o ciclista, que com o resultado somou 120 pontos e ocupa a 47ª posição no ranking mundial.
 
Shimano Sports Team 2017 - Assim como diversas marcas do segmento esportivo, a Shimano apoiou e patrocinou inúmeros atletas com foco nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Terminada a Rio 2016, a marca japonesa continua apostando no fortalecimento do ciclismo no Brasil com a ampliação do número de atletas apoiados. São eles:
 
No MTB cross country, Wolfgang Olsen e Sherman Trezza (Caloi Elite Team); Mario Veríssimo, Karen Olímpio, Kennedi Lago e Luiz Renato (Team OGGI/ISAPA); Rubens Donizete, Guilherme Muller e Mario Couto (Sense Factory Racing); Daniel Grossi e Isabella Lacerda (Team Groove); Ricardo Pscheidt e Adriana Nascimento (Trek Factory Racing); Jefferson Batista, João Pedro Firmeza e Danielle Moraes (AVA Project). No downhill, Lucas Borba (Audax); No ciclismo de estrada: Flavia Oliveira (Specialized) e Gideoni Monteiro (Indaiatuba/HTPro Nutrition/Força Aérea Brasileira); No BMX: Priscilla Stevaux (Caixa/Shimano) e Renato Rezende (Team Nissan). E, no triathlon: Laura Mira (Team OGGI/ISAPA); Clara Guimarães Carvalho (Sense Factory Racing); Sabrina Gobbo (Trek Factory Racing) e Reinaldo Colucci (SESI/Scott).
 

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook