Maicon dos Santos e Jéssica dos Reis eleitos os melhores do Brasileiro Caixa de Juvenis em Maringá | Esporte Alternativo - O site de quem pratica esportes !

Maicon dos Santos e Jéssica dos Reis eleitos os melhores do Brasileiro Caixa de Juvenis em Maringá

Tamiris de Liz (198) venceu os 100 m e 200 m no Campeonato Brasileiro Caixa de Juvenis/ Foto: Maiara Batista/CBAtMaringá - Terminou na tarde de domingo, dia 11 de Setembro, o Campeonato Brasileiro Caixa de Juvenis, em Maringá, no Paraná. A vitória por equipes foi da seleção Paulista, que conquistou 51 medalhas (18 de ouro, 17 de prata e 16 de bronze).

O evento classificou os dois primeiros de cada prova para o Sul-Americano da categoria, marcado para Medellín, na Colômbia, em 23 e 24 de setembro. Está foi a terceira vez que esta cidade do norte paranaense foi sede da competição, para atletas com até 19 anos.

Nesta 4ª etapa o destaque foi a catarinense Tamiris de Liz, de apenas 15 anos, que dominou as duas provas mais rápidas do Atletismo. A atleta, que já havia ficado em primeiro nos 100 m, venceu com folga os 200 m, com 24.25. "É uma satisfação vencer na categoria acima da minha, onde participam atletas mais experientes", disse a atleta, que este ano disputou o Mundial de Menores (até 17 anos).

Flávio Gustavo Barbosa venceu a prova masculina da mesma distância, com 21.59. Aldemir Gomes da Silva Júnior (SP), campeão dos 100 m, nesta prova ficou com a prata, com 21.79. Jorge Henrique da Costa Vides levou o bronze para o Rio de Janeiro, com 21.95.

Nos 800 m feminino, o pódio foi dominado pelas atletas do CNT CAIXA SESI de Uberlândia. A potiguar Erika Oliveira Lima (RN) surpreendeu nos últimos metros e completou a prova em 2:09.74. "A evolução na minha carreira é visível. Esta marca que consegui aqui é meu melhor tempo na prova", disse a atleta, que também foi ouro nos 1.500 m. "Treinar no CNT foi essencial para minha evolução, a saudade da família é muito grande, mas vale a pena quando vem a vitória", completou. Ana Paula Borges da Silva (PR) levou a prata, com 2:10.67, e Alissandra de Lima Araújo (RN) ficou com o bronze, com 2:12.04.

Outros atletas que treinam em Uberlândia obtiveram bons resultados em Maringá. Caso do piauiense Reynan Pereira Costa, campeão no lançamento do dardo, William Braido (SP), ouro no arremesso do peso, Mario Luiz Favid Jr. (MG), primeiro no lançamento do disco, e Kerolayne Camila da Silva (PE), medalha de prata no lançamento do martelo.

Nas provas de campo, Thiago Benedito alcançou boa marca no lançamento martelo. O Atleta de Pernambuco lançou o implemento a 63,71 m e conquistou o ouro. Completou o pódio Artur Bruno da Silva Hilário (PR), com 56,68 m e Felipe Lorenzon (SC), com 55,29 m.

No decatlo, Victor de Souza Santos venceu seis das dez provas disputadas e conquistou o título de atleta mais completo. Victor somou pontos 7.112 pontos e superou Estevão de Souza Lima (SP) que fez 6.668 pontos, 2º colocado, e Renato Linhares dos Santos (SP), 3º, com 6.632.

"A competição teve um bom nível técnico. É muito importante, já que está é a nova geração do Atletismo nacional", afirmou José Haroldo Loureiro Gomes Arataca, treinador da equipe do Rio Grande do Sul e diretor técnico da CBAt.

Participaram da competição 329 atletas de 23 Estados e do Distrito Federal. "Tudo correu bem. A competição foi muito forte e isto contribui para a preparação da equipe para o Sul-Americano", afirmou Anderson Rosa, diretor da competição.

O Campeonato Brasileiro Caixa de Juvenis foi uma realização da Confederação Brasileira de Atletismo, co-organizado pela Federação de Atletismo Paraná, com patrocínio da CAIXA e apoio da Secretaria de Esporte e Lazer de Maringá.

Melhores atletas do campeonato - Uma comissão de treinadores escolheu como melhores atletas da competição dois atletas paulistas que estabeleceram novos recordes para o Campeonato: Maicon Almeida dos Santos, campeão dos 800 m, com 1:48.91 (superando marca do brasiliense Joaquim Cruz), e Jéssica Carolina dos Reis, ouro no salto em distância, com 6,42 m.

DEMAIS CAMPEÕES
Livia Avancini (SP) no arremesso do peso, com 14,43 m
Douglas Candido Celestrino (SP) no salto em distância, com 7,47 m
Monique Varmeling (SP) no salto em altura, com 1,74 m
Ana Carolina Pacheco (SP) nos 3.000 m com obstáculos, com 11:07.3
Alex Sandro Jesus de Oliveira (DF) nos 5.000 m, com 15:04.53
4x400 m feminino - São Paulo - 3:45.39
4x400 m masculino - São Paulo - 3:10.40

CLASSIFICAÇÃO FINAL POR EQUIPES
1º São Paulo - 51 medalhas (18 de ouro, 17 de prata e 16 de bronze)
2º Rio Grande do Norte - 10 medalhas (4,3,3)
3º Santa Catarina - 10 medalhas (3,2,5)
4º Rio Grande do Sul - 8 medalhas (3,1,4)
5º Minas Gerais - 4 medalhas (3,0,1)
6º Rio de Janeiro - 13 medalhas (2,7,4)
7º Distrito Federal - 7 medalhas (2,3,2)
8º Paraná - 9 medalhas (1,5,3)
9º Mato Grosso - 4 medalhas (1,1,2)
10º Goiás - 2 medalhas (1,1,0)
11º Amazonas - 1 medalha (1,0,0)
11º Pernambuco - 1 medalha (1,0,0)
11º Piauí - 1 medalha (1,0,0)
14º Ceará - 1 medalha (0,1,0)
15º Paraíba - 1 medalha (0,0,1)

Eventos esportivos / Entidades Mundiais

Rugby campeão

Brasil é campeão do Sul-Americano 6 Nações

 
 

 

 
Mascotes

Mais lidas da semana

Curta - EA no Facebook